Músicas do Carnaval de Recife e Olinda

Alceu Valença canta suas músicas no Carnaval de Recife. 
Foto: Vinicius Rodrigues / Pref. Olinda.

Para quem deseja ficar com todos os hits e marchinhas do Carnaval de Pernambuco na ponta na língua, selecionamos algumas das músicas que não podem faltar na folia de Recife e Olinda.

Confira os hinos e músicas que nunca faltam no Carnaval pernambucano e são entoados em coro nos festejos.

Voltei Recife

Encabeçando a lista, para não fazer feio na multidão, você precisa conhecer a música “Voltei Recife”, uma composição de Luís Bandeira, que te ajudará a se integrar à folia. “Voltei Recife, foi a saudade que me trouxe pelo braço…” ao ouvir apenas essa frase a multidão se agita em meio aos blocos e troças que do Carnaval de Recife e Olinda.

Ver Letra

Hino do Elefante

Em segundo lugar nas ‘paradas de sucesso’, e absolutamente a mais tocada em Olinda, está a música “Hino do Elefante”. Na primeira parte desse vídeo você poderá ouvi-la na voz de Almir Rouche, e claro, na voz do público que já está acostumado a cantar a música nas ladeiras de Olinda.

Ver Letra

A diva do Brasil, Ivete Sangalo, já cantou a música, com um arranjo intimista, em um dos seus shows em Recife. Lindo, vale a pena conferir:

Ceroula de Olinda

Ainda no Carnaval de Olinda, ouve-se bastante o “Hino da Ceroula”, que você pode conferir abaixo na voz de Geraldinho Lins, com a participação de Spok Frevo. Estas são duas atrações certas no Carnaval de Olinda. No vídeo abaixo, você poderá ouvir também, novamente, a música “Voltei Recife”, que citamos acima.

Ver Letra

Composições de Alceu Valença

Clássicos do cantor Alceu Valença também são entoados por onde houver festa e folia. “Diabo Louro”, “Tropicana”, “Bom demais” e o “Hino do Galo da Madrugada” são algumas músicas de Alceu que sempre são tocadas.

Diabo Louro

Ver Letra

Me segura se não eu caio

A música faz referência às ladeiras de Olinda e ao famoso ponto de encontro da Galera no Carnaval de Olinda: os quatro cantos.

Você pode conferir também uma execução da música em pleno carnaval do Marco Zero. No vídeo abaixo, Alceu Valença canta “Vampira” e, logo depois, “Me segura se não eu caio”:

Hino do Galo da Madrugada

Confira a música mais tocada no Galo da Madrugada: o maior bloco de Carnaval do Mundo.

Ver Letra

Tropicana

Ver Letra

Bom Demais

Ver Letra

Bicho Maluco Beleza

Essa música de Alceu Valença faz referência ao Carnaval de Olinda e sempre leva o público ao delírio.

Os Blocos carnavalescos também têm presença confirmada todos os anos no carnaval pernambucano. Um dos mais antigos e tradicionais, como o Bloco da Saudade, já é conhecido por todos aqueles que participam há mais tempo da festa. As canções “Último Regresso” e “Madeira que cupim não rói” são hinos do bloco que não podem faltar durante todo o carnaval.

As canções com a voz inconfundível de Elba de Ramalho

Elba Ramalho é outra atração que, assim como Alceu Valença, sempre está presente no carnaval de Recife.

Chuva de Sombrinha

Músicas clássicas como “Chuva de Sombrinha”, conhecida pelo refrão “Ai que calor”, são sempre interpretadas pela cantora em suas apresentações no Marco Zero.

Ciranda da Rosa Vermelha

A ciranda é uma dança/ritmo musical original de Pernambuco. Surgiu na Ilha de Itamaracá. As mulheres dos pescadores faziam canções e dançavam à espera de seus companheiros que chegavam do trabalho no mar.

A dança é feita em grupo a partir da formação de uma grande roda que se movimentada de maneira ritmada. 

Ciranda Quem Me Deu foi Lia

Falando em ciranda, a música mais famosa foi composta pela maior representante deste ritmo: Lia de Itamaracá. Na praça do Arsenal ou no Marco Zero, essa música une os foliões, de mãos dadas, formando verdadeiras rodas de amigos.

Ficou curioso para conhecer mais da ciranda? Veja aqui um pouco da dança.

Leão do Norte

Pernambuco é também chamado de Leão do Norte pelo seu histórico de lutas libertárias e revolucionárias (Batalha dos Guararapes, Revolução dos Mascates, Praieira etc).

A música “Leão do Norte” é uma composição de Paulo César Pinheiro e Lenine e exalta grandes nomes da cultura do estado como Mestre Vitalino, João Cabral de Melo Neto, Ariano e Frei Caneca.

Madeira que Cupim não Rói

Ver Letra

Último Regresso

Ver Letra

Outra música que se tornou um hino foi “Vassourinhas”. Na verdade ela não têm letra, mas, só de ouvir os toques da orquestra, não tem como ficar parado.

Vassourinhas

Além do tradicional frevo, o maracatu também abala as ladeiras de Olinda e as ruas do Recife Antigo. Segue uma música que representa bem:

Maracatu – Coroa Imperial:

Frevo Mulher de Zé Ramalho é também um dos clássicos

O bom mesmo é ouvir e cantar essas músicas no meio da multidão, sentido todo o calor e emoção que pode ser transmitido nessa hora. Por isso, afine a voz e o passo para cantar e dançar com toda intensidade nos quatro dias do Carnaval de Olinda e Recife.

Apesar das músicas que foram listadas, o Carnaval de Pernambuco não se restringe apenas a elas. O folião ainda pode curtir desde os tradicionais frevos até o famoso Manguebeat. Diversos polos espalhados por Recife e Olinda são estruturados para fazer a animação do povo, respeitando o gosto e preferência musical de cada um.

Coco, Maracatu, Ciranda, Caboclinho, Rock, Samba, Forró, Axé, Swingueira, MPB, Música eletrônica e diversos ritmos e sons são usados para garantir a festa de todos aqueles que prestigiam o Carnaval Multicultural de Pernambuco.

Para finalizar, não pode faltar a música do último dia do carnaval, também um clássico pernambucano:

É de fazer chorar (Quarta-feira Ingrata):

Confira mais matérias especiais:

Aprenda a dançar o frevo com vídeos tutoriais

Músicas do cantor Lenine que também tocam no carnaval